segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Comércio de ambulantes movimenta Praça Ary Coelho

Surgem diariamente três a quatro vendedores ambulantes na Praça Ary Coelho, que além do retorno financeiro com a venda dos produtos, levam comodidade para quem passa por ali

Sabrina Fernandes

Foto: Paulo Garcia
Conhecida por fazer parte da história de Campo Grande, a Praça Ary Coelho é localizada no centro da capital. Com o movimento intenso os vendedores ambulantes veem na praça um bom lugar para vendas.

Diariamente surgem três a quatro vendedores ambulantes na praça, além daqueles que fixaram o local como seu ponto de venda. Os produtos oferecidos variam desde a pipoca ao artesanato.
Com ao grande fluxo de pessoas que passam diariamente no local, a venda desses produtos possui um retorno financeiro vantajoso aos vendedores ambulantes.

Há mais de 18 anos como vendedor ambulante na praça, Everson de Amorone vende algodão doce, pipoca e doces em geral, e diz que compensa vender naquele ponto, pelo movimento diário de pessoas. Segundo Everson o público maior para sua venda é crianças. E falou sobre a crise financeira que o país está passando “Caiu um pouco às vendas, porque teve essa crise e o dinheiro está escondido, mas graças a Deus, está melhorando novamente”.

Além de usarem a praça como o ponto de venda para tirar o sustento da família, os vendedores ambulantes levam a comodidade a pessoas que passam no local e terão a opção de comer pipoca ou doces em meio à correria do dia a dia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário