quarta-feira, 17 de maio de 2017

IPED/APAE busca artistas voluntários para colorir as paredes da instituição

Artista tem a liberdade para escolher qualquer espaço e trazer a alegria ao local

Elaine Silva

Artistas e obra que encanta as crianças
O Instituto de Pesquisa Ensino e Diagnóstico (IPED) da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Campo Grande iniciou buscas por artistas que queiram colocar sua arte nas paredes dos consultórios, salas e corredores do IPED, através do “Projeto Humanizar”.

“Eu amei! E não vejo a hora de fazer um novo ambiente. No sábado trabalhamos e não tinha ninguém lá. Fiquei muito feliz de ter um feedback de todos que se surpreenderam ao ver o espaço de ‘Cara nova’. Deu mais vontade de continuar a deixar tudo mais carinhoso”, relata Beatriz de Oliveira, professora da área de comunicação e artes. O “Projeto Humanizar” teve seu primeiro espaço pintado neste último sábado, (13).

Bia foi convocada para ajudar a encontrar artistas solidários com o objetivo de tirar a frieza da brancura do prédio recém-pintado, para dar lugar às cores, onde o artista tem a liberdade de escolher seu espaço e deixar sua marca.

Pintura finalizada deu via ao consultório
Foto: Bia Oliveira
Rafael Mareco é o primeiro artista que estampou um dos consultórios do instituto trazendo cor e alegria para crianças, adolescentes, jovens adultos que fazem tratamento e trabalham na APAE. “O local precisa de um visual que conforte os pacientes, pensando nisso a composição foi elaborada com balões como se fossem " jardins voadores" onde cada balão carrega diversas plantas. As cores em tons pastéis e as pinceladas reforçaram a ideia de um ambiente mais leve e de contemplação”, relata Rafael.

O projeto humanizar precisa de novos artistas que entrem apenas com o trabalho, pois os materiais já foram doados. Cada canto necessita de uma pouco de luz, para trazer a felicidade e a única coisa pedida é que deixem sua marca e ganhem em troca o sorriso das pessoas que frequentam o local. “Minha participação por enquanto foi pequena, mas esse projeto é grande e vai longe ainda e espero ajudar mais vezes,” relata o artista.

PROJETO

A ação foi criada pela coordenadora de relacionamento IPED/APAE Josaine de Sousa Palmieri, que após ajudar um colega atender uma criança que estava muito agitada, decidiu que esses locais poderiam ser mais alegres tornando as rotinas de pacientes e acompanhantes mais leves e descontraídas. Nasceu daí o “Projeto Humanizar”.

“Depois de conseguir a autorização, conversei com os colegas e todos resolveram se empenhar e pessoas começaram a entrar para ajudar. Foi assim que veio nosso primeiro artista que já colocou o projeto em andamento, pintando um consultório”, relata Josaine. Os materiais utilizados foram alguns pincéis e rolinhos de pintura e tintas primárias xadrez, que a própria APAE comprou. Ainda existem várias salas a serem pintadas e esperamos artistas para ajudar. 

Quem quiser colaborar pode entrar em contato pelo email: josaine@ipedapae.org.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário