quarta-feira, 16 de maio de 2018

Coreia do Norte pode voltar atrás em tratado de desnuclearização


Após se irritar com ação conjunta sul-coreana e norte-americana, Kim Jong-Un suspende aproximação com país vizinho

Norton Soares
Foto: Agência Reuters


Reunião entre Coreia do Sul e do Norte prevista para quarta-feira (16) é suspensa após o líder norte-coreano tomar conhecimento da realização de exercícios militares dos Estados Unidos próximos a sua fronteira. Considerando a ação uma provocação, Kim Jong-Un suspendeu todas as negociações com os países.

A reunião tinha como pauta um tratado de desnuclearização do eixo coreano e era fruto de uma reaproximação dos dois países ocorrida no dia 27 de abril, após mais de 60 anos em guerra. Sendo Kim o primeiro líder norte-coreano a pisar no país vizinho dês da divisão.

Outra reunião que parece incerta é com o presidente norte-americano Donald Trump, marcada para 12 de junho em Cingapura, para uma cúpula que sempre pareceu improvável de acontecer devido a constante troca de provocações e insultos, que marcou a convivência deles no ano passado, mas que se tornou realidade após o anuncio norte-coreano de possuir mísseis nucleares capazes de atingir os Estados Unidos.

Em nota o porta voz americano Heather Nauert afirmou não ter conhecimento de cancelamento norte-coreano e que os preparativos para o encontro ainda estão de pé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário