terça-feira, 9 de outubro de 2018

Negócio de família faz sucesso com “chipinha”

O comerciante percebeu que o salgado de origem paraguaia agrada muito o paladar dos campo-grandenses

Renan Santos

Cansado de trabalhar no ramo da construção civil Sérgio Borba, de 50 anos, mudou de vida e a sete anos e hoje faz sucesso no centro da capital com uma lanchonete, onde o carro chefe é a “chipinha”. O salgado de origem paraguaia está cada vez mais ganhando espaço, e tomando o lugar do pão francês, se tornando ainda mais popular. Para o comerciante a chipa vai bem desde o café da manhã até o lanche da tarde.

Sérgio relata que a lanchonete fica no mesmo lugar desde sua criação e apesar de ter uma concorrência visível na região, mas o local tem um diferencial que são os dois mixes, os salgados, sorvete e picolé. Mas o que fez a diferença foi a famosa “chipinha” que forma fila na parte da manhã, além de ter um preço acessível o sabor e a crocância torna ainda mais atrativa.

Sérgio e sua esposa trabalham juntos e as funções são divididas ele diz “A gente consegue administrar bem, pelo fato de trabalhar em conjunto aqui, a administração do local é toda familiar, a lanchonete é um negócio da família, então por isso conseguimos conciliar bem”.

O cardápio é bem variado, serve esfirras, rissoles, doguinho, pão de queijo, empada, pastel dentre outros. Além de ser extremamente organizado e aconchegante, o atendimento se destaca, pela atenção e agilidade dos funcionários.

A lanchonete do Gaúcho, fica na rua Rui Barbosa e abre de segunda a sexta-feira das 6h30 às 19h e aos sábados até as 13 h. A lanchonete trabalha com encomendas. Para saber mais ligue (67) 99110-1106 ou 99178-4166.

Nenhum comentário:

Postar um comentário