quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Abandono de animais é crime e está previsto em lei

Você sabia que abandonar animais pode te levar preso?  

Jessiléia Mendes

Foto: Jessiléia Mendes
Animais são abandonados em qualquer lugar e passam a viver andando nas ruas sem nenhum abrigo uns chegam morrer, seja por ter contraído uma doença ou por conta de acidentes. O cãozinho Theodor foi encontrado em estado deplorável, pois estava muito doente. Jogado num lixão próximo ao bairro Parque dos Poderes foi encontrado pela filha de dona Nice Elias, que contou uma história.

“Minha filha passava a semana me chamando, para buscar pequi lá perto de onde moro, e eu sempre adiava até que um dia falei filha vamos lá e como de costume falei para irmos pelo caminho que ela fazia para ir para a faculdade, ate que então avistamos um monte de lixo jogado e vimos uma perninha branquinha”.

“Era um cachorrinho jogado ali. Parecia morto, porém se levantou e ficou olhando para ela, a pessoa que o abandonou deixou ele em cima de um formigueiro. Ele estava ferido e parecia sem forças nas pernas, mas o bom de tudo isso é que o Theodor foi curado, levamos para minha casa, o cuidamos e demos carinho.”. “Apesar de ter algumas sequelas e um ataque de epilepsia, ele está aqui cheio de vida ate já e pai de três cachorrinhas”. Conclui dona Nice.

A polícia pede, em caso de se deparar com essas situações de abandono ou violência contra os animais, que denuncie. Quem se recusa a denunciar está contribuindo com esse crime e estará cometendo crime de prevaricação que também está previsto em lei como punição.

Então denuncie, pois todos os animais merecem uma família recebendo carinho e amor.


  





segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Ação contra o câncer de próstata mobilizou também os pets

Assim como existe o Novembro Azul, que é movimento permanente pela saúde integral do homem, médicos veterinários resolveram levar esse movimento também para os pets

Thacyenne Lopes

Foto: Divulgação
O Novembro azul está acabando, mas o movimento pela saúde do homem continua e por esse motivo médicos veterinários e alunos da Universidade UNIDERP AGRARIAS resolveram levar esse movimento para os pets, e na tarde de ontem (27) foi realizado no Shopping Bosque dos Ipês (MS) uma mobilização e demonstração de como funciona e como é a descoberta da doença no animal. 

Houve orientação sobre patologias do sistema reprodutor de cães machose explicações em relação ao cão, porque a doença aparece mais neles do que em felinos, que além de conviver mais com as fêmeas são mais frágeis do que os gatos.

A Professora Eliza de Ávila Silvestre falou sobre ação, “O objetivo, move o novembro azul, que fala sobre o câncer do homem e resolvemos fazer novembro azul pet e a primeira vez que estamos aqui no shopping e para trazer ao público informações, e fornecer suporte para lidar com um assunto polêmico e estamos aqui disponíveis para dar orientação, não é uma consulta porque até não podemos fazer isso em local publico nos entrou no CMRV que temos o registro do conselho e fizemos um pedido se seria possível fazer o toque e avaliação”. Concluiu Eliza.

Proprietários que não levaram seus animais domésticos também poderiam sanar dúvidas. Foram utilizados banners, maquetes e manequins como auxílio visual para esclarecimento de sinais clínicos e prevenção de tumores. Os cães com diagnóstico de alterações seriam orientados a buscar consulta com um profissional.

E para quem tem um ou mais cães machos ou gatos, já pode começar a prestar mais atenção no seu pet e esses são os sintomas. Alguns cães com problemas na próstata podem não mostrar nenhum sintoma, mas dependendo do tamanho da próstata e da doença em si, o cão pode apresentar: secreção, presença de sangue na urina ou no sêmen, constipação e dificuldade de defecar. Quando a próstata atinge dimensões mórbidas (se torna enorme), ela comprime a saída das fezes, resultando em constipação ou na eliminação de fezes achatadas, com aspecto de fita.

Foto: Thacyenne Lopes



Foto: Thacyenne Lopes




  

Mais de uma tonelada de maconha é apreendida no Trevo Bandeira

O peso total foi estimado em 1.200kg 

Nelida Beatriz

Foto: Osvaldo Duarte
A equipe do Canil Força Tática da Policia Militar de Dourados, apreendeu na tarde de domingo (27) uma caminhonete Nissan Frontier da cor verde com placa de Brasilia (DF) adultera, o mesmo estava com um carregamento de mais de uma tonelada de maconha.

José Carlos Teixeira de 24 anos morador da cidade de Aral Moreira foi surpreendido na rodovia 163 pela equipe do Canil da Policia Militar, os mesmos deram ordem de parada e o motorista acabou fugindo sentido Campo Grande.

Após perseguição do Tático, outro veículo acabou fechando o motorista em fuga fazendo assim com que a PM fizesse a prisão do mesmo.

O jovem alegou ter saído de Aral Moreira e levando a droga em um posto de combustível da grande Dourados, também disse que receberia o valor de R$ 3mil pela droga.

O jovem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado para 1º Distrito Policial de Dourados. 

Droga é apreendida em rodovia a caminho de Campo Grande

Um outro homem esperava pela carga na rodoviária da capital

Nelida Beatriz

Foto: Divulgação 1º DP de Ponta Porã

Os entorpecentes foram apreendidos durante fiscalização na rodovia MS-164, km 105 em Ponta Porã. Um homem de 39 anos foi preso em flagrante transportando dentro de um veículo Fiat Strada com placa de Herculândia (SP),

durante a abordagem feita pela Policia Militar Rodoviária o homem se mostrou nervoso e disse que apenas fazia transporte de plantas frutíferas, mas após revista minuciosa, a droga estava localizada na parte externa do painel, totalizando assim 2kg de entorpecentes.

O mesmo alegou que levaria até a rodoviária da capital onde outro sujeito pagaria o valor de R$ 2 mil pelo transporte.

O motorista responderá por tráfico de drogas e foi encaminhado junto com o veículo e a droga para o 1º DP (Delegacia de Policia) de Ponta Porã.

Mais uma edição da Parada da Diversidade coloriu as ruas da capital

A luta pelo preconceito nunca pode parar e o que 15ª Parada da Diversidade luta

Janaine Mendes

Foto: Janaine Mendes
Com expectativa de atrair 40 mil pessoas, a 15ª Parada da Diversidade teve início pouco antes das 18h com saída da Praça Ary Coelho. O tema deste ano é "Direitos iguais, nem menos, nem mais", assunto que foi amplamente ressaltado pela organização do evento. "Somos gente como todos, temos nossa cultura, isso aqui é nossa cultura. Temos sentimentos e só queremos respeito e igualdade", destaca um dos organizadores da parada e presidente do Fórum Estadual LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) Frank Raffatt.

A intenção é chamar a atenção da sociedade contra o preconceito seja homofóbico, de raça ou religioso, a sociedade precisa respeitar essa e a função da parada diz Runeis.

Em algumas lojas onde a passeata is passar foram colados em seus paneis o arco íris indicando o respeito e a força. Matheus que participou do evento se sentiu agradecido pela homenagem e reforçou as ondas de crimes homofóbicas e quer muito a igualdade.

Foto: Janaine Mendes
Wesley que nunca foi a uma parada e se assumiu aos 14 anos afirma que sua trajetória foi muito complicada, hoje se diz privilegiado e realizado, não se importando com que as pessoas falam dele, se sente bem e a vida continua.

Dois trios elétricos e uma bandeira com quase 100 metros nas cores e símbolo da diversidade fazem parte da caminhada que iniciou na Rua 14 de Julho e seguiu para a Praça do Rádio Clube, onde houve shows com artistas nacionais e regionais. 


Foto; Janine Mendes

Antes de finalizar campeonato Brasileiro 2016 Palmeiras garante a Taça

As comemorações em Campo Grande MS trouxeram mais três mil pessoas para ver o Verdão ser o campeão brasileiro de 2016

Janaine Mendes

Foto: Janaine Mendes
O Campeonato Brasileiro não finalizou, mas o Palmeiras garantiu a taça vencendo a Chapecoense por 1 x 0 e chegando aos 77 pontos, abriu sete de vantagem sobre o segundo colocado da competição que foi o Flamengo, que venceu o Santos, pelo placar de 2 x 0. A torcida comemorou o título tão esperado, desde 1994, chegando a 9ª conquista do Brasileiro.

Os torcedores deixaram suas casas para comemorar junto com mais de três mil pessoas na sede Mancha Verde-MS, localizada na Rua 14 de Julho, próximo ao cemitério Santo Antônio, Delfino diretor da Mancha relatou, que estava muito animado com o título, onde Palmeiras se preparou, teve um bom time fez uma ótima campanha, estando acima da média e ficou satisfeito com a Vitória, embora ele quisesse uma goleada de 4x1.

A sede da Mancha Verde foi oficializada em abril deste ano, o lugar além de ter música ao vivo, queima de fogos de artifícios e torcida organizada possui um ambiente onde pode levar toda a família para torcer junto. “É um local de muito respeito” afirma
Delfino.

Com olhares vidrados, e até emocionados, gerações de famílias como a de  Joacir, motorista que trouxe esposa, filho e pai, que conta com risadas que no sangue rola a força do porco, e que aa próxima geração vai ser Verde também.
Foto: Janaine Mendes

Já Jorge estava animado antes da partida e esperava por este título que não tinha melhor hora pra vir. Tentou um palpite 3x1 mais já se sentia campeão pelo empate.

O Palmeiras foi campeão nove vezes, sendo o time que mais conquistou títulos no Brasil. Após o último apito do juiz, a torcida organizada fechou a rua para fazer a festa da vitória. As pessoas pulavam, gritavam e choravam diante do placar com bandeiras, fogos e fumaça. A 14 de Julho tremeu com a torcida que canta e vibra.



sábado, 26 de novembro de 2016

Peça baseada em obra de Fernando Pessoa está em cartaz na Capital

Espetáculo marca os 10 anos de atividades do Núcleo Artístico Jair Damasceno

Gustavo Maia

Foto: Divulgação
Indo na contramão da crise, o dramaturgo Jair Damasceno estreou nesse final de semana a peça Salomé F. P. produzida de forma totalmente independente. 
Baseada na obra inconclusa do escritor Fernando Pessoa, datada de 1914, o espetáculo traz a versão do autor para a história bíblica de Salomé, que pediu ao rei Herodes a cabeça de João Batista.
Apesar de usar a trama religiosa como inspiração, Pessoa não tem qualquer compromisso com os registros cristãos. "O escritor utilizou a força dramática de sua poesia para atribuir à personagem central - Salomé - a tarefa de criar, através dos sonhos, um enredo no qual ela narra a história de João Batista", afirma Jair.
O Núcleo Artístico Jair Damasceno atua totalmente voltado para a pesquisa autônoma em Artes Cênicas, disseminada através de oficinas, montagens, preparação de elencos e direção cênica de espetáculos de terceiros.
Foto: Divulgação
No elenco estão João Pedro Xavier, Julio Cezar, Léo Reinaltt e o próprio Jair Damasceno, além do ator Guilherme Morais que faz uma performance durante a peça. Toda a trilha sonora foi criada e é executada ao vivo pelo músico Felipe Guedes. Uma das marcas registradas de Damasceno - a iluminação feita exclusivamente com lanternas de led - está a cargo de Thaís Umar e Yuri Tavares. O figurino foi customizado por Vanda Ferreira e a arte visual foi criada por Marilena Grolli. Fotos e filmagens são de Matheus Lomando.

A peça, que não é indicada para menores de 15 anos, estreou ontem (25) e fica em cartaz hoje e domingo no Teatral Grupo de Risco, com ingressos a R$10,00 e início sempre às 20h. O TGR fica na Rua José Antônio 2.170.


sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Carnaval fora de época é opção para o final de semana

Bloco Calcinha Molhada vai para a rua com o 2º Grito

Gustavo Maia

1º Grito superou as expectativas.  Foto: Gustavo Maia
Fevereiro ainda está longe, mas isso não é problema. Vai ter carnaval, sim. Pelo menos é o que garante um grupo de amigas aqui da Capital. Elas se reuniram e criaram o Bloco Calcinha Molhada, que esbanjando alegria e disposição, pulou alguns meses do calendário para adiantar uma das festas mais tradicionais do Brasil.

Segundo Tamyres Cuellar, uma das organizadoras, a ideia surgiu numa mesa de bar e já mostrou a que veio, no dia 22 de outubro, quando o 1º grito foi realizado com sucesso além do imaginado. "Não esperávamos tanta gente, nem tanto envolvimento das pessoas. Haviam crianças fantasiadas, famílias, muita gente nos elogiando pela iniciativa", conta Tamyres.

Um sucesso desse tamanho não poderia ficar só na 1ª edição. O público pediu e elas atenderam: o 2º Grito vem aí. E dessa vez a Calcinha Molhada é do avesso, com homens fantasiados de mulher e as mulheres, de homem. Mas isso não é sinônimo de bagunça.

O Bloco lembra que o bom folião tem que ter consciência social e ambiental, e se preocupar com questões como a limpeza do local e o respeito aos demais, principalmente às mulheres, já que a ideia do grupo também é combater a objetificação da mulher, num evento onde atitudes machistas são tidas cada vez mais como normais.

As outras integrantes do grupo são Raína Alencar, Daiany Couto, Gabriela de Marco, Isabela Saldanha, Paula Magalhães, Darina Aragão, Isadora Taborda e Raquel Mirieli e convidam: "vai rolar música rebolativa, cerveja e catuaba geladinhas e muita diversão! Vem que a folia é certa!”.

Mesmo fazendo mistério sobre o tema do 3º grito, previsto para acontecer no dia 17 de dezembro, o grupo garante que palpites audaciosos não faltam. Darina Aragão lembra que a ideia de antecipar a folia surgiu justamente do desejo de se colocar vários temas na rua durante o carnaval, mas que o feriado era curto demais para tantas fantasias. A esperança é que até fevereiro dê tempo de aproveitar todos os figurinos carnavalescos possíveis. Vamos aguardar os próximos gritos.

Outras informações você pode conseguir seguindo o perfil do Calcinha Molhada no Instagram ou curtindo a página do Bloco no Facebook.


Bloco Calcinha Molhada - Do Avesso
Sábado (26), às 16h20Praça Aquidauana (Rua Aquidauana, 28 - Amambai).  




Especialistas falam sobre como lidar com os crescentes casos de bullying nas escolas

“As instituições de ensino têm papel fundamental, ao lado das famílias, no combate a essa prática”

Lene Fernandes

Bullying é um termo da língua inglesa que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder.

Hoje o bullying já e um problema mundial, podendo ocorrer em lugares como escolas, faculdades/universidades, dentro da própria família, local de trabalho e entre vizinhos.

Ele se divide em duas categorias: O bullying direto, que é a forma mais comum entre os agressores masculinos e o bullying indireto, que é a forma mais comum entre mulheres e crianças, tem como característica principal o isolamento social da vítima. Na maioria dos casos, a vítima teme o agressor em razão das ameaças ou quando há concretização da violência, física ou sexual.

As crianças ou adolescentes que sofrem bullying podem se tornar adultos com sentimentos negativos e baixa autoestima. Podem vir a ter sérios problemas de relacionamentos com comportamentos agressivos, e em casos extremos, a vítima poderá tentar ou cometer suicídio.

Os agressores geralmente são pessoas que têm pouca empatia, pertencentes às famílias desestruturadas, com relacionamento precário entre membros de sua família.

O alvo dos agressores geralmente são pessoas tímidas, caladas e com baixa capacidade de reação, e com alguma característica que o torne diferente dos demais. Foi o caso de Gabriel Gomes de 11 anos, por ser o único negro de sua classe o problema com ele foi a cor da sua pele, ele conviveu com comentários racistas durante três anos em um colégio que estudava. De acordo com sua avó Edil Campos, seu neto era chamado de “escravo” e apontado como o “preto” da classe, “cheguei a conversar com o supervisor do colégio, mas nenhuma providência foi tomada”, lamenta a avó.

No Brasil, uma pesquisa realizada em 2010 com alunos de escolas públicas e particulares revelou que as humilhações típicas do bullying são comuns em alunos da 5ª e 6ª séries. As três cidades brasileiras com maiores casos dessa prática são: Brasília, Belo Horizonte e Curitiba.

Segundo a pedagoga e especialista em educação infantil, Neusa Marli Littig, nem todo ato de intimidação é considerado bullying, ela se caracteriza pela constância na intenção de agredir, ferir e magoar. “Não podemos restringi-lo exclusivamente ao contexto escolar, pois infelizmente, a prática pode ser detectada em vários ambientes, comenta”.

A psicóloga Maria Tereza Maldonado, afirma que as ações de bullying podem repercutir de formas diferentes nas vítimas e, em algumas, têm efeito em longo prazo, com cicatrizes profundas. Segundo ela, as instituições de ensino têm papel fundamental, ao lado das famílias, no combate a essa prática. “Há três grupos dentro dessa rede de relacionamentos: a vítima, o agressor, e o espectador. Quem presencia também é coautor, por isso, quando ele é bem preparado, pode inibir a ação do agressor”, defende.

É importante lembrar que os atos de bullying ferem os princípios constitucionais como respeito à dignidade humana  e o Código Civil, que determina que “todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indenizar”. O responsável pelo ato de bullying pode também ser enquadrado no Código de Defesa do Consumidor, tendo em vista que as escolas prestam serviço aos consumidores e são responsáveis por atos de bullying que ocorram dentro do estabelecimento de ensino/trabalho.

Mulher é morta a facadas após perseguição de quatro homens na fronteira

O corpo foi entregue a sua irmã Cinthia Raquel Fernandez

Nelida Beatriz

Foto Ponta  Porã News
Na madrugada desta sexta-feira (25) uma mulher identificada como Cleide Daiana Fernandez Gómes, brasileira, de 34 anos foi morta após quatro suspeitos abordarem a vitima e desferir uma facada no peito.

Segundo testemunhas Cleide estava em companhia de um homem a bordo de uma motocicleta no bairro Obreiro da cidade de Pedro Juan Caballero, momentos em que quatro suspeitos chegaram em duas motocicletas e um deles teria começado uma discussão com a vitima momentos em que retirou uma faca da cintura e acabou por cometer o homicídio.


 O suspeito do crime seria ex-companheiro de Cleide, a mesma foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade e levada para o Hospital Regional, mas faleceu antes de chegar ao local de atendimento.

Ladrões perdem cofre durante fuga

Os integrantes estouraram porta e a janela de residência 

Nelida Beatriz

Um homem de 38 anos foi avisado pelo vizinho, que viu um veículo vermelho Fox sair em alta velocidade de sua residência. O fato aconteceu na madrugada desta sexta-feira (25) na Rua Antonio Emilio de Figueiredo de Dourados, O homem de que chegava em seu domicilio foi abordado pelo vizinho que relatou ter visto quatro pessoas a bordo do veiculo que saiu de dentro de sua casa durante a madrugada.

Os quatro suspeitos acabaram levando o cofre da casa, porém durante a fuga não se atentaram que o porta malas do carro estava aberto e deixaram o cofre cair no meio da rua. O furto foi registrado com 1º Distrito Policial, a vítima relatou que bandidos estouraram a porta da frente e uma das janelas de sua residência.

Duplo homicídio em fazenda de Ponta Porã é investigado pela Polícia Civil

Os corpos foram encontrados por dona de fazenda

Nelida Beatriz
Foto: Polícia Civil

Na manhã desta quarta-feira (23) foram encontrados dois corpos com marcas de perfurações de facadas, os mesmos foram identificados por Sixto Coronel Aguilar, 48 anos e Ramão Medina de 53, ambos paraguaios que trabalhavam como peão na fazenda São João da Boa Visa localizada na região de Ponta Porã.

A dona da fazenda chegou ao local e encontrou uma das vitimas na cozinha e outra deitada na cama, os dois estavam cobertos de sangue, porém ainda não se sabe se os golpes desferidos foram de faca ou facão.

A Polícia Civil investiga o caso.

:

Forte chuva deixa município do MS em situação de emergência

O governo do estado decretou hoje (25), situação de emergência após fortes chuvas atingirem a cidade de Itaquiraí

Sabrina Fernandes

Foto: Prefeitura de Itaquiraí
O governo do estado decretou na manhã desta sexta-feira (25), situação de emergência na cidade de Itaquiraí, que fica á 395 quilômetros de Campo Grande. O município foi atingido por fortes chuvas no fim de outubro ao inicio de novembro, causando estragos nas áreas urbana e rural.

O decreto estadual foi publicado no Diário Oficial do estado. O prefeito de Itaquiraí, Ricardo Favaro Neto decretou situação de emergência no dia 7 de novembro após transbordar o rio e córrego que cortam a cidade, causando alagamentos. As fortes chuvas também destruíram estradas, pontes, bueiros e tubulações nas áreas urbana e rural do município.

De acordo com a prefeitura, o sistema de drenagem da represa não resistiu ao grande volume de água, e se rompeu entre os grupos três e um, no Assentamento Santa Rosa em Itaquiraí. Com a força da enxurrada, a barragem ficou destruída, abrindo uma valeta com mais de 5 metros de extensão, impedindo a passagem de veículos e pedestres. 

Segundo o decreto estadual, as fortes chuvas causaram prejuízos econômicos e sociais, provocando também a paralização das aulas nas escolas de redes municipais, em áreas rurais. As regiões de Guassu, Santa Rosa, Indaiá, Indaiá/Sul, Indaiá Barranca, e os acessos a Tamakavi, fazenda Três Rodas e Cascalheira foram afetadas com as chuvas.

Através do decreto, o município tem a possibilidade de contar com os órgãos estaduais, como a Coordenadoria de Defesa Civil, como ajuda nas ações de resposta ao desastre e de reconstrução da cidade.


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Há 25 anos o rock perdia uma lenda

Líder do Queen permanece vivo em seus discos e registros de shows

Thacyenne Lopes

Foto: Internet
Há exatos 25 anos o mundo perdia o ícone do rock mundial, Freddie Mercury, que morreu no dia 24 de novembro de 1991, aos 45 anos, de broncopneumonia em decorrência do vírus da AIDS. Se estivesse vivo completaria 70 anos em 2016. A morte prematura de Mercury fez dele um mito e, para os fãs, ele saiu deste plano, mas seu legado musical é eterno.

Por todo país ele ainda é lembrado, com suas músicas que enlouqueciam a platéia durante seus shows em turnês mundiais. Freddie Mercury também flertava com a música clássica. Um exemplo dessa mescla é o álbum Barcelona, lançado em 1988, com a participação da cantora lírica espanhola Montserrat Caballé em praticamente todas as faixas, num encontro musical considerado até hoje um dos mais bem sucedidos da carreira do cantor.

A canção que foi o nome do álbum foi escolhida para ser o hino dos Jogos Olímpicos na Espanha em 1992 e, apesar da morte de Mercury sete meses antes do início dos jogos, foi apresentada na abertura e usada como música título na cobertura dos jogos olímpicos. Na década de 1980, a banda mudou um pouco a proposta, se tornou mais pop, com canções e refrãos mais cantáveis pelo público. Mas isso foi positivo, porque levou pessoas que não eram muitos fãs do gênero a gostarem de rock. 

E quem escuta “We are the Champions”, não deixa de cantar e lembrar de Mercury um dos grandes sucessos que até hoje se pode ouvir nas rádios. O ícone sempre será lembrado eternamente no coração do rock’n’roll “We Will Rock You”.

Casos de chikungunya crescem 850% neste ano, segundo Ministério da Saúde

De acordo com o ministro Ricardo Barros, os casos de dengue e zika vão permanecer estáveis, já os casos de chikungunya irão aumentar o ano que vem

Sabrina Fernandes

Foto: Interney
O Ministério da Saúde divulgou hoje (24), que houve um crescimento de 850% dos casos de chukungunya neste ano, o pico da doença aconteceu no mês de março. Ainda segundo o Ministério, a previsão é que os casos da doença aumentem em 2017.

Em comparação ao ano passado, foram registrados 26.435 casos onde seis pessoas morreram pela complicação da doença, já este ano foi registrado 251.051 casos com 138 mortes, de acordo com o ministro Ricardo Barros.

Ainda segundo o ministro, a previsão é que os casos de dengue e zika deve se manter estáveis no próximo ano, mantendo o mesmo numero de registro “Nós não esperamos que aumentem os casos de dengue e zika, mas de chikungunya sim”. Afirmou o ministro.

Segundo o levantamento da pasta, se encontram 855 cidades que representam 34% dos municípios pesquisados, em situação de alerta e risco de surto de dengue, zika e chikungunya, A adesão às pesquisas, atualmente são voluntárias, de acordo com os ministros será proposto que a partir de 2017, seja obrigatório realizar pesquisas em municípios com mais de dois mil imóveis.

Segundo o ministério, foram feitos levantamentos em 22 capitais onde Cuiabá é a única capital que se encontra em situação de alto risco, e também existem nove capitais em alerta e 12 em condições satisfatórias.


Chikungunya

A doença é transmitida pelo mosquito aedes aegypti, transmissor também da dengue e zika. O principal sintoma da chikungunya são as fortes dores nas articulações, de acordo com os estudos da doença, a chikungunya deixa sequelas na maioria dos casos crônicos.

O vírus atua nas articulações do infectado, causando inflamação na região. Os doentes, principalmente as mulheres desenvolvem dores incapacitantes crônicas, restringindo a fazer coisas simples como: pentear o cabelo e abotoar uma camisa sem sentir dores.

A procura de um médico é essencial para o tratamento da doença, que além da dor pode trazer risco de sangramento. O tratamento é feito com analgésico e anti-inflamatório, e para aliviar as dores, também é recomendável os tratamentos não medicamentosos como acupuntura, fisioterapia e compressas.



Orientação adequada é importante na prática de atividade física

Para evitar lesões é preciso uma avaliação física e o acompanhamento de um profissional capacitado

Nathalia Pelzl

Muitas pessoas alegam falta de tempo quando se trata de começar a praticar alguma atividade física, usando essa justificativa preferem se exercitar por conta própria. A prática incorreta de exercícios prejudica a saúde.

Na atualidade o número de pessoas que treinam por conta própria nas academias e até mesmo em sua residência é crescente, isto se deve a facilidade de acesso a algumas informações sobre treinamento na internet. É preciso lembrar que essas pessoas que abrem mão do auxílio de um profissional capacitado estão colocando em risco sua saúde física, visto que existe um risco de lesão.

 Com a chegada do verão a busca pelo corpo ideal aumenta para o Personal Trainer Rafael Santos é preciso respeitar o limite do corpo e ter a orientação adequada. “Quando chega o verão as praças, os parques e as academias ficam cheios de pessoas querendo manter ou ficar em forma para o verão, mas a maioria delas ultrapassam todas as barreiras de cuidados que devem exigir para tais atividades”.·.

Não existe uma fórmula mágica para um corpo perfeito, é preciso uma reeducação no corpo e na mente, buscar resultados em curto prazo pode trazer frustações para aquele que espera. “O projeto milagre para um corpo modelado requer uma série de combinações que vai além de um mês de atividade física, a dieta, a metodologia adotada a cada metabolismo, pois um corpo não será igual ao outro e o resultado também não, às vezes funciona o que funciona para um não funciona para outro” afirma o personal.

Atualmente cresce o número de pessoas que procuram um profissional capacitado após ter adquirido uma lesão. De acordo com manual de medicina esportiva escrito por Safran, Mckeag e Camp existem sete mecanismos básicos pelos quais uma pessoa pode sofrer lesões praticando atividade física, entre elas se destaca o excesso de sobrecarga onde a pessoa que pratica se sobrecarrega e leva o corpo a fadiga e ao desequilibro muscular, quando acontece isso com o corpo é chamado de over-training as consequências, no entanto são problemas nas articulações, malefícios no sistema imunológico e no aspecto psicológico.

 As lesões ocorrem por gestos motores realizados incorretamente, onde a postura incorreta coloca a coluna e as articulações em descompensação. A prática de atividade física não tem idade ao contrário do que muitos imaginam a pratica regular de exercícios só traz benefícios, é de extrema importância que assim que uma pessoa decide mudar seu estilo de vida passe por uma avaliação física para saber as limitações, e os exercícios recomendados para evitar lesões, é de grande importância uma avalição médica com um cardiologista para evitar problemas respiratórios, pressão alta entre outras complicações.

Atividade física é de extrema importância para manter a saúde em dia, para o aumento da autoestima, diminuição do estresse, aumento do bem-estar e melhoria no desempenho das atividades diárias, porém é preciso que aja um bom senso para entender os limites e necessidade do corpo, manter uma dieta balanceada e fundamental para ter o resultado esperado. Por fim a orientação é sempre procurar um profissional capacitado, evite se exercitar sem conhecimento, tudo em excesso faz mal.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Brasil perde empresas e empregos com a crescente migração para o Paraguai

O Paraguai se tornou um parceiro estratégico para as empresas que pretendem baratear os custos da produção em um momento de forte crise da indústria brasileira


Lene Fernandes

Em busca de mão de obra mais barata e de impostos menores, empresas brasileiras de diferentes setores estão cruzando a fronteira e instalando filiais em  nosso vizinho, que hoje é um dos países que mais cresce.

O Paraguai se tornou um parceiro estratégico para as empresas que pretendem baratear os custos da produção em um momento de forte crise da indústria brasileira.

O principal atrativo para os brasileiros é a chamada Lei de Maquila, essa lei foi criada há mais de 15 anos e prevê isenção de impostos para empresas estrangeiras na importação de maquinários e matéria-prima, desde que o produto final seja exportado. Sendo cobrado apenas tributo de 1% sobre a fatura de exportação quando a mercadoria deixa o Paraguai.

A iniciativa do governo paraguaio em atrair empresas brasileiras para o seu território vem preocupando o governo brasileiro, sendo um dos principais temas de debate na reunião da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

O Brasil perde empresas e empregos e isso acende um alerta para nossa economia. No total o Paraguai já atraiu 116 empresas estrangeiras, 80% delas brasileiras, especialistas afirmam que o Brasil precisa fazer o quanto antes as reformas, tributária e trabalhista.

A fábrica do empresário Zenildo Costa no Brasil faliu. Ele decidiu atravessar a fronteira para produzir aventais descartáveis de uso hospitalar. “Se fosse no Brasil, a energia elétrica custaria 70% mais caro, o funcionário custaria o dobro e a matéria prima eu estaria pagando 35% de imposto para importar da China”, diz o empresário.

“As empresas brasileiras têm encontrado no Paraguai uma ambiência interessante para desenvolver integração produtiva, ou seja, manter as suas operações no Brasil e fortalecer essas operações no que diz respeito a design, inteligência do processo produtivo, e produzir, finalizar o produto no Paraguai”, explica Sarah Saldanha, gerente de Internacionalização da CNI.

Uma fábrica de brinquedos no Brasil, para ter preços menores importava parte de seus produtos da China, mas nesse ano decidiu mudar de estratégia. “Hoje, quando eu pego um produto, importo ele da China, eu não posso reexportá-lo. Teria que pagar muitos impostos, e isso inviabilizaria, além de já ter pago 35% por cento para o produto entrar no Brasil. Com esse projeto do Paraguai, os produtos que antes seriam feitos na China passam a ser feitos lá e nos dão a chance de exportação para o mundo inteiro a custos muito mais baixos”, explica o presidente da empresa, Carlos Antonio Tilkian, embora não tenha fechado sua fábrica no Brasil.

O que não aconteceu com a empresária Catarinense  Bruna Floriani,   ela fechou a empresa que tinha em Santa Catarina e transferiu todo o negócio para o Paraguai.
“A energia é bem barata, a mão de obra também, mas é mesmo a questão dos impostos que é bem favorável, digamos,  atrai bastante às empresas para cá”, diz a empresária.

O professor de economia Otto Nogami, do Insper, disse que os produtos mais baratos são sempre bem-vindos, mas já a perda de empregos, é a parte ruim dessa história. “Em um momento em que a taxa de desemprego não para de subir no Brasil, a migração de investimentos para o Paraguai é motivo de preocupação”.
“Há indústrias que estão localizadas em determinadas cidades e essas cidades dependem dessa indústria, principalmente no que diz respeito à geração de mão de obra”, diz o professor.

Outro professor de economia, Nelson Marconi, da FGV, lembra que o prejuízo pode ser maior do que parece.

“Não vai ser um impacto muito grande no desemprego, mas pode ser o impacto principal na perda das nossas indústrias. E quando você perde uma indústria, e como ela demanda matéria prima de vários outros setores, ela puxa a produção dos outros setores também”, explica Nelson Marconi.

E o que fazer para o Brasil não ficar para trás?
“Primeiro é preciso fazer a reforma, a tão sonhada reforma tributária, que a gente ouve falar muito, mas que até agora não saiu do papel. Daí, consequentemente, a gente precisa também de uma reforma trabalhista, porque a legislação trabalhista brasileira é altamente complexa”, afirma o advogado Murillo Rodrigues.

Hoje o Brasil é o segundo maior investidor no Paraguai. Fica atrás só dos Estados Unidos, e também é o principal destino das exportações do país vizinho.